Marocas manda recado para Samuca, em O Tempo não Para

Marocas (Juliana Paiva) vive praticamente como prisioneira com a sua família, na mansão dos Sabino Machado. Desesperada, a estilista manda um recado cifrado para Samuca (Nicolas Prattes).

Mensagem cifrada

Ao receber a mensagem da amada, Samuca comenta com Elmo (Felipe Simas) sobre a palavra escrita por ela, que é pirata. O oficial da marinha Mateus, permite que Samuca entre na mansão para ver Marocas, a fim de se comunicarem, mas apenas por voz.

O banqueiro Dom Sabino, passa a se comunicar com os agregados, por meio de bilhetes. Marocas pede que Nico e Kiki coloquem um bilhete na coleira de Pirata. Dom Sabino, Menelau e Cecílio, tentam abrir espaço para fugir. Petra e Mateus fazem a coleta do sangue dos ex-congelados, para exames.

A doutora Petra fica intrigada com os resultados dos exames. Os colaboradores da empresa SamVita fazem um protesto diante da mansão dos Sabino Machado, a fim de que os ex-congelados sejam finalmente libertos.

O objetivo dos manifestantes, é distrair Mateus e Petra, a fim de que os ex-congelados consigam fugir. Waleska (Carol Castro), que está sendo mantida em cativeiro a mando de Lúcio, descobrirá que Mateus teve culpa no roubo do vírus, e na injeção dada em Marocas, para matá-la.

Final feliz

A novela, que está caminhando para o seu desfecho, terá um final feliz para vários personagens, como Cecílio (Maicon Rodrigues) e Paulina (Carol Macedo), Vanda (Lucy Ramos) e Menelau (David Junior), Bento (Bruno Montaleone) e Nat (Malu Falangola).

Mariacarla (Regiane Alves) vai para a cadeia por ter roubado as joias de Cesária (Olívia Araújo), mas conseguirá escapar da prisão. Barão (Rui Ricardo Dias) também será preso, mas será feliz junto de Mazé (Juliana Alves).

Lalá (Micael) fica sabendo por Betina (Cleo), que Mariacarla foi presa, e ele decide então deixar o mundo do crime. O filho de Eliseu rejeita Vera Lúcia, e se tornará padre. Lúcio descobre que a vilã e aliada Betina foi a responsável pela morte do seu irmão Emílio, e a impede de fugir do país.

Percebendo que foi usado pelos vilões Lúcio e Betina, Livaldo tentará se redimir com Carmen (Christiane Torloni) e com o filho Samuca, alegando ser capaz de fazer qualquer coisa para conseguir ter a confiança deles de volta.

Carmen então diz que Livaldo deve retirar o processo contra o próprio filho. O trambiqueiro responde que isso não ajudará muito no momento, mas, tentará fazer o possível.

Por fim, Livaldo deixará uma carta por escrito afirmando que Samuca é o verdadeiro criador da patente do adubo, e não ele. Depois de ter o processo retirado, Samuca finalmente será o dono definitivo da SamVita, juntamente com todas as ações da empresa.

Livaldo tentará se reaproximar do filho, a fim de reconstruir uma relação de paterna. Carmen ficará feliz em finalmente constatar que o processo contra o filho foi retirado, mas debochará da atitude de Livaldo, que ao invés de conversar com Samuca, deixou apenas uma carta escrita a ele.

Deixe um comentário