Valentina tem planos de vingança para todos os que a humilharam, em O Sétimo Guardião

Valentina (Lília Cabral) irá revelar os seus planos de vingança, antes de retornar a Serro Azul, na trama das nove. Em uma conversa com Louise Marie (Fernanda de Freitas), a madame afirma que não irá apenas atrás de Gabriel (Bruno Gagliasso).

Plano de vingança

Ela armará um plano de vingança, contra todos os convidados que riram dela no dia em que Egídio (Antonio Calloni), a abandonou no altar. As duas planejam a viagem de helicóptero, de São Paulo, até a cidade onde morava.

A dona da Marsalla Cosméticos, comenta com a assistente que não entende porque Gabriel, seu filho, abandonou a noiva no altar, assim como o pai dele fez com ela. A megera ainda indagará se deve ou não perdoar o filho, e deixar de enxergar os erros dele.

A secretária da vilã, ficará em silêncio, sem entender porque ela fez uma pergunta, se ela não aceita opiniões. A megera reclamará ainda, de ter que hospedar Olavo (Tony Ramos), Laura (Yanna Lavigne) e Marilda (Letícia Spiller), que segundo ela, só querem seu dinheiro.

Em busca de um ajuste de contas com o seu passado, Valentina tentará impor toda a sua riqueza àquelas pessoas, a fim de pisar em todos que a humilharam naquela época.

Louise tentará dar a sua opinião, mas será cortada a todo o tempo, pela autoritária patroa.

Marilda, é a irmã de Valentina Marsalla e primeira-dama da cidade de Serro Azul. Casada com o prefeito e guardião da fonte, Eurico nem desconfia que a esposa sabe do segredo da fonte, do seu poder rejuvenescedor.

Neide recebe a visita de sua mãe que a expulsou de casa ainda grávida

A personagem Neide (Viviane Araújo) voltará ao passado por alguns instantes, ao se lembrar de ter sido expulsa de casa, após sua mãe descobrir a sua gravidez.

Ela se recordará de ter deixado a bebê debaixo de uma árvore, depois de um surto de loucura. A mãe de Neide, a personagem Firmina reaparecerá para tentar se reconciliar, e a cabeleireira a enxotará de sua casa.

Firmina tentará simular um desmaio, a fim de comover a filha, que ficará preocupada com a saúde dela, e aceitará hospedá-la em casa. Porém, Neide tentará acertar as contas com o passado, numa briga calorosa com a mãe.

A cabeleireira afirmará, que perdeu a sua filha naquela dia, devido à grande tempestade. Firmina dirá que não é verdade, que a filha foi largada no meio daquele temporal, e que deve estar morta, ou ter sido adotada por um casal rico da Europa.

Neide diz que se ela continuar a falar essas coisas, a expulsará de sua casa. A mãe dela então tenta colocar panos quentes na conversa, dizendo que não vai mais tocar no assunto, que sabe que isso a machuca, e se mostra arrependida de ter expulsado a filha (Neide).

A cabeleireira responde, dizendo que ela é que sente muito mais do que sua mãe, o acontecido.

Deixe um comentário