Sétimo Guardião: últimos acontecimentos

Nos últimos acontecimentos de O sétimo Guardião, Afrodite, interpretada por Carolina Dieckmann, tomou a decisão de se separar de Nicolau, personagem encenado por Marcelo Serrado, depois de apanhar dele. Agora, ela vai em busca de Milu para conseguir um novo emprego. Afrodite pedirá para que ela lhe contrate no cargo antes ocupado por Rivalda.

O diálogo entre as duas se dá da seguinte forma: “Depois da demissão de sua filha e da visita que seu marido me fez, imagino que sua vida esteja virada de cabeça pra baixo”, afirma Milu. “Está, as vim aqui, porque acho que a senhora pode me ajudar a botar ela de pé de novo”, diz Afrodite. “Tenho todo gosto em lhe ajudar, Afrodite. Só não estou vendo como”. “Me contrate para ocupar o lugar de Rivalda, sei que deve estar surpresa, mas preciso desse emprego pra começar do zero”, argumenta Afrodite. “Mas e o seu trabalho no quiosque?”, questiona Milu. “Acabou. Nicolau não aceita assinar minha carteira, nem dividir os lucros, saiu de casa e deixou as crianças comigo. Tudo mudou”.

O conflito entre Nicolau e Afrodite começou quando ele   descobriu que ela usa DIU. De conhecimento geral em Serro Azul, o homem que ter um filho jogador de futebol. O uso do DIU impossibilitou a esposa de estar colaborando, o tirou Nicolau do sério. Enraivecida e magoada com a situação, ela decidiu ir embora de casa e se separar.

            A trama

A telenovela brasileira, transmitida pela Rede Globo conquistou um elevado público que se encantou com o enigmático enredo. A história descreve a realidade que se passa em Serro Azul, uma típica e pacata cidade do interior, repleta de calmaria. No entanto, torna-se atípica, mediante aos segredos guardados por alguns moradores.  Desprovida de avanços tecnológicos, o local surpreende quando se trata de temas ocultos. O principal mistério gira em torno de uma fonte peculiar, que apresenta propriedades curativas e rejuvenescedora. Essa fonte é protegida por sete guardiões, que têm como missão garantir que essa riqueza não chegue às mãos erradas.

A novela conta com a direção artística de Rogério Gomes, cuja a trama retrata a ideia de que muitos lugares, mesmo com a aparência monótona, escondem segredos e valiosas histórias, rodeadas por peculiaridades que não podem, de forma alguma, vir à tona.

“Ao longo de minha carreira como autor consegui construir um território ficcional. Volto, desta vez, ao realismo fantástico, em que transitei algumas vezes. Agora, em uma cidade que já foi citada em outras novelas minhas, mas que até então nunca havia aparecido: Serro Azul”, esclarece Aguinaldo Silva.

Os setes guardiões

O título de guardião é dado aquele que é membros da irmandade. Escolhidos para proteger os segredos que rondam a cidade de Serro Azul, os integrantes são selecionados por meio de um ritual, e substituídos a cada vez que um morre. Responsáveis por preservar os mistérios local, não podem deixar, de forma alguma, que a verdade se espalhe e os poderes da preciosa fonte cheguem as mãos erradas.

 

 

Deixe um comentário