O Sétimo Guardião: Rita de Cássia acaba com a coleção de calcinhas do marido

Toda a coleção de calcinhas do delegado vai ser completamente aniquilada em O Sétimo Guardião. Depois de impedir Rita de Cássia (Flávia Alessandra) de aparecer pelada em um filme a respeito de Serro Azul, Machado (Milhem Cortaz) chegará em sua residência e vai encontrar todas as suas roupas de baixo feita em pedacinho.

Ele se recusará a utilizar cuecas pois elas lhe provocam coceira e ainda confessará que só se sente verdadeiramente homem vestindo lingerie feminina. “Meu corpo, minhas regras”, falará. A mulher toda vingativa declarará que ele fica péssimo usando calcinha e que só apoiou o fetiche do marido pois acreditava que ele também a apoiaria com o seu fetiche.

O acontecimento causará a uma grande crise no matrimônio deles. Antes da cena, o público descobrirá que o fetiche dela é aparecer totalmente nua em um filme tomando um belíssimo banho em uma cachoeira. A revelação vai fazer com que o delegado brigue com a esposa algumas vezes. Ao não permitir que Rita de Cássia realize um teste para participar como “apresentadora” para o documentário de Leonardo (Jaffar Bambirra), ela vai tomar a decisão de se vingar.

Ele vai dar um grito chocado ao observar as calcinhas todas picotadinhas. “É simples. Se não posso ter minhas fantasias, não vou mais permitir que você tenha as suas”, falará a mulher que deseja ser atriz. “Isso é chantagem”, retrucará o personagem de Milhem Cortaz.

“Não, é igualdade de direitos”, retrucará a dona de casa. Machado falará que não  possui condições de sair de casa, e ela sugerirá que o esposo utilize cuecas. “Tenho outras calcinhas no porão”, falará o guardião. “Não se engane. Desde que descobri seu segredo, você nunca mais fechou a porta do seu closet. Acabei de ir lá embaixo: eu e isso aqui..”, falará a esposa.

Ela sacudirá a tesoura em provocação para amedrontar o marido. “Não acredito”, gritará ao descobrir que toda a sua coleção de calcinhas foi estraçalhada. A dona de casa surgirá com uma cueca nas mãos. “Elas me dão agonia, coceira, brotoeja! Sou um homem que só se sente homem usando calcinhas”, espumará o delegado. “Já que não sobrou uma pra contar história, sinta-se menos homem. Quem sabe assim você compreende melhor as fantasias da sua mulher?”, cutucará Rita de Cássia. Ele ainda solicitará uma calcinha dela emprestada. “Elas jamais entrariam nessas coxas de lutador. Não vão passar dos teus joelhos”, dirá maldosamente Cássia.

“Sou autoridade nesta porcaria de cidade, tenho uma ocorrência a investigar e vou fazer isso sem calcinha mesmo. Mas cueca eu não uso”, declarará Machado. Sozinha, ela vai tocar fogo no que sobrou das calcinhas e ficará com receio de ter sido dura demais com o marido.

Deixe um comentário