León é baleado em “O Sétimo Guardião”

O personagem que se tornou sucesso entre os telespectadores de O Sétimo Guardião, León, o gato, deveria deixar a novela após morrer pela terceira vez. Baleado por Valentina, interpretada por Lilia Cabral, o personagem se arrasta, deixando para trás um rastro de sangue. Gemendo de dor e transmitindo emoção, o animal se joga na fonte e sai da água como homem.

Em seguida, Murilo, interpretado por Eduardo Moscovis, rouba a cena e movimenta o contexto da história. É preciso mencionar que não era previsto que o gato ficaria na novela, uma vez León e Murilo são os mesmos personagens. Ou seja, o guardião-mor que foi transformado em gato e que agora volta a ser quem era antes de sua punição.

No entanto, como conquistou os brasileiros, León continua na trama. O mistério, agora, gira em torno de como o autor da novela, Aguinaldo Silva, fará isso. Após as notícias de que o animal será morto para o protagonismo passar para Moscovis circularem, o novelista postou a seguinte mensagem em sua conta no Instagram: “Me aguardem! Quando eu me for, eu voltarei”, o post seguia com uma imagem de um gato.

Entenda os fatos

Os capítulos da telenovela brasileira que conquistou um vasto público nacional, estão recheados de surpresas. León vai provocar Valentina, rosnando nas patas traseiras para a mulher. Com Sampaio, interpretado por Marcello Novaes, fora de Serro Azul, ela decidirá pegar sua arma pôr um fim ao felino. León já foi dado como morto duas vezes. A primeira vez foi quando a capanga de Valentina o arremessou contra a parede da gruta. A segunda vez ocorreu quando Sampaio passou com o carro por cima dele.

Nas duas circunstâncias, o bicho ressuscitou graças à fonte, com sua e o peculiar poder de cura. Ao ver que está sendo perseguido, o felino continuará rebolando e provocando a dona da Marsalla Cosméticos. O personagem atrai Valentina para dentro do cemitério.

“Pode encarar, não tenho medo de gente ou de bicho, nem de vivo, nem de morto. Hoje eu mato esse gato! E se algum fantasma quiser me impedir, vai morrer de novo”, falará a vilã.

Segundo o autor do roteiro, a cena acontece da seguinte forma: “Lua de sangue no céu. Léon avança por entre os túmulos com Valentina atrás dele, a arma escondida. Até que ele para de novo e a encara. Os dois frente a frente. Ele se eriça e começa a avançará para ela, pronto a atacar, pronto a atacar. Quando está muito próximo, ela mostra a arma”.

“Se gato tem alma, hoje o diabo vai receber uma”, dirá a personagem antes de descarregar a arma na direção do animal. Entre um disparo e outro, o autor pediu para inserirem o som de um miado estridente. Em seguida, Léon cai, como consta no roteiro.

Posteriormente, o animal emergirá da água já como homem. Com dificuldade, sai da fonte, levanta a manga de sua roupa e depara-se com o ferimento da bala cicatrizado.

Deixe um comentário