Globo está com audiência ruim – O que acontece com o IBOPE?

A rede Globo, uma das maiores emissoras do país, tem tido os piores índices de audiência desde dezembro de 2015. Para tentar driblar este resultado, a emissora tem mudado a programação de forma constante, para tentar resgatar o telespectador novamente.

Emissora perdendo espaço entre os telespectadores -pontuação

Novembro do ano passado, foi o pior mês de audiência da Globo. Na Grande São Paulo, o centro de maior público da emissora, a audiência marcou o pior índice da história, de 12,4 pontos no PNT (Painel Nacional de Televisão) nas 24 horas do dia.

Nos últimos 35 meses, a pontuação da Globo ficou em 15,1 pontos, das 7 horas da manhã, à meia-noite na faixa comercial. Cada ponto vale para 240 mil domicílios no PNT.

O IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, é uma das empresas que medem a opinião pública, sobre programas de televisão, marcas mais compradas, intenções de votos, consumo de determinada empresa e entre outros.

Se esta, apresentar resultado favorável entre as duas partes (empresa e consumidor), então diz-se que tal empresa ou emissora, teve recorde de IBOPE.

A pontuação das principais emissoras do país, baseado no PNT, do mês de novembro (período 24 horas do dia):

– Globo: 12,4 pontos;

– SBT: 5,6 pontos;

– Record: 5,6 pontos;

– Band: 1,1 pontos;

– RedeTV: 0,6 pontos;

Rejeição do conteúdo oferecido nas programações da emissora

O conteúdo oferecido nas programações da Rede Globo, não tem agradado aos telespectadores, sendo esse um dos motivos para protestos e movimentos civis.

Além do mais, a emissora não tem tanta influência diante do público como antes, tampouco credibilidade para apresentar novos projetos mais interessantes. A começar pelas telenovelas, que têm apelado para a nudez e sexualidade, na tentativa de ganhar mais a audiência.

O telejornalismo, também não tem ganhado grande IBOPE, em especial o Fantástico, o Jornal Nacional, o Jornal Hoje e o Jornal da Globo. Os programas de entretenimento como, Vídeo Show, reprise de novelas da tarde, e aos finais de semana, estão sendo menos vistos.

Apesar da queda na audiência, muitas pessoas não deixam de assistir à programação da emissora, principalmente em realitys, como o Big Brother Brasil – BBB que arrasta grande parte dos telespectadores.

Por ser um jogo que vale muito dinheiro ao participante vencedor, cerca de 16 pessoas dividem o mesmo quarto, banheira, área de lazer, festas e muito mais, com direito a muitas câmeras para não perder nenhuma fofoca.

Quando os participantes brigam entre si, a audiência sobe e todos querem saber o que vai acontecer. Se há romances na casa, e possíveis traições, aí o programa fica super valorizado.

Entre brigas, amizades e amores dos integrantes da casa mais vigiada doBrasil,a Globo vai se alimentando da toxicidade alheia, pensando somente na audiência e no retorno financeiro.

Por tamanha influência que a emissora emite, muitas empresas, nomes importantes e políticos não desejam virar notícia negativa, nos folhetins diários dos telejornais.

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário