Sob Pressão encerra a temporada, com uma das maiores audiências na Globo

A série da Globo Sob Pressão, teve a sua 2ª temporada encerrada com uma grande audiência, juntamente com outros programas da emissora. Os capítulos da série médica, marcaram 20,6 pontos de média, durante o último capítulo da série.

Crescimento da audiência em São Paulo e no Rio de Janeiro

Em segundo lugar na audiência, ficou o Jornal Nacional com 25,7 pontos e em primeiro, a novela O Sétimo Guardião, com 27,4 pontos, todos apurados na capital paulistana.

No Rio de Janeiro, a série marcou 23 pontos no último capítulo. Somando-se a média de audiência dos últimos dias, a Globo cresceu cinco pontos a mais em São Paulo (31%), e cinco pontos no Rio de Janeiro (28%).

A média geral da segunda temporada da série, marcou 21 pontos (35%) em São Paulo, e 25 pontos (39%) no Rio de Janeiro. Os pontos de audiência, equivalem a cerca de 71.8 mil domicílios em São Paulo, e 45.2 mil no estado do Rio de Janeiro.

Sucesso entre os fãs nas redes sociais

Nas redes sociais dos fãs, o último capítulo foi emocionante e arrepiante, de acordo com eles. Os atores também foram muito aclamados, como Marjorie Estiano, Fernanda Torres e Humberto Carrão.

A hashtag SobPressãopedindo pela nova temporada, foi a que durou mais tempo (6 horas nos tweets do mundo, e 7 horas nos tweets do Brasil). A previsão para a exibição da terceira temporada, é para daqui a seis meses.

A série médica agradou aos fãs, e à crítica, ao relacionar um tema criativo, interessante e dramático. Com base nas séries médicas americanas, o tema principal dos episódios, giram em volta das emergências no hospital.

Em cada um dos capítulos, o caos e o drama da saúde pública no Brasil foi retratado pelos atores. O protagonista Evandro (Julio Andrade), segue um perfil de um médico idealista, que sabe a sua missão como profissional, mas não confia nas pessoas, tampouco nas autoridades públicas.

A médica Carolina, interpretada por Marjorie Estiano, e também protagonista da série, se mostra bem mais confiante, e firmada em sua fé nas pessoas.

Mesmo com esse perfil humano, a doutora revelou aos poucos o drama da sua história, ao contar que foi abusada pelo seu pai quando era criança. As feridas emocionais e físicas, mostraram evidentes nos capítulos que se seguiram.

A série Sob Pressão, tomou um rumo diferente no quesito segmento de história nacional, já que outras séries brasileiras, pautaram-se em contextos mais fracos e distantes entre si, em vários núcleos.

Um dos pontos que também conquistaram o público, é a possibilidade de envolvimento com os personagens, e na história do hospital, dando a entender que haverá continuidade da temporada, a cada período.

Sob Pressão já conquistou o público, provando que é possível contar uma história verdadeira, com um pouco de drama, realismo e intensidade, em uma bela produção nacional. A ficção incluída neste contexto, foi criada para não parecer distante da realidade dos telespectadores.

 

 

Deixe um comentário